Categorias
ADVOGADO EM SÃO PAULO

Grupo que denunciava golpes com criptomoedas dá golpe e some

“War on Hugs” teria criado seguidores para sua causa, que até então parecia ser legítima. Havia denunciado a Safemoon, Elon Musk e até o criador do Ethereum, Vitalik Buterin.

WAR on Hugs deixa mensagem e some.
WAR on Hugs deixa mensagem e some.

A temporada de fraudes com moedas digitais está aberta e, até quem parecia ser sério, pode ser o próximo a criar um esquema. O grupo “War on Hugs”, que denunciava golpes com criptomoedas em seu Twitter, foi o último a aplicar um golpe.

Depois de aplicar o golpe, o grupo deletou contas nas redes sociais e desapareceu. Como a identidade dos criadores não era revelada, é possível que eles tenham sumido com o dinheiro dos seguidores.

O caso certamente mostra que o mercado de criptomoedas ainda é um ambiente do qual novos investidores devem tomar cuidado em seus passos. Nos últimos meses, por exemplo, milhares de criptomoedas novas foram criadas, a maior parte não durou nem um mês.

Grupo que denunciava golpes com criptomoedas some das redes sociais, suspeitas de fraude

War On Hugs (WOR) era um perfil, que funcionava principalmente pelo Twitter, que ganhou notoriedade entre seguidores. Seu propósito era desvendar os golpes com criptomoedas que estariam sendo aplicados, apresentando para o público seus estudos.

Com o passar do tempo, o perfil atraiu pessoas interessadas em investir no projeto de combate a criminalidade das criptomoedas. Isso porque, muitas moedas são criadas diariamente, mas quase nenhuma tem um projeto sólido, servindo apenas para que os criadores se enriqueçam as custas de investidores.

O projeto da Safemoon, por exemplo, foi um dos que o War on Hugs alertou, afirmando que a criptomoeda, criada na rede da Binance, seria mais um golpe.

Outro token conhecido denunciado pelo grupo War On Hugs é o brasileiro Vira Lata Finance.

War on Hugs dá golpe

O War on Hugs criou uma criptomoeda própria, chamada Rug Ethereum (RETH) na última semana.

O nome seria uma crítica ao criador do Ethereum, Vitalik Buterin, que vendeu suas moedas Shiba Inu e foi considerado um “puxador de tapete” pelo grupo. Além disso, o token foi criado na rede Binance, para se posicionar novamente contra Vitalik.

Como não gostava do projeto Safemoon, o fundador do WOR acabou avaliando bem um projeto concorrente, chamado de FairMoon. Após a avaliação, Shappy, como é identificado o dono do War On Rugs, acabou se unindo aos desenvolvedores da FAIR, até a última quarta-feira (18).

Isso porque, Shappy teria aplicado um golpe na comunidade e na sua própria criptomoeda, a RETH. Assim, ele teria sumido com US $ 2 milhões dos antigos seguidores, que confiavam em suas avaliações contra golpes.

“Quem caiu no meu golpe não vai acreditar em mais ninguém”, afirmou grupo em mensagem de despedida

Os desenvolvedores da Fairmoon foram ao Twitter comentar o golpe acontecido na criptomoeda, que chegou a ser avaliada bem pelo War On Rugs. Segundo a nota, a empresa lamentou ter acreditado em Shappy, que traiu a confiança de todos, deixando um grande prejuízo.

O preço da Fairmoon e da RETH acabaram perdendo todo o valor de mercado com a fraude.

No entanto, o administrador do grupo deixou uma mensagem antes de seu sumiço milionário.

Em sua explicação, Shappy disse que como Elon Musk manipula o mercado de criptomoedas e o criador do Ethereum também, sendo eles dois golpistas, então ele também iria aplicar um golpe.

Dessa forma, Shappy citou que quem acompanhava o seu trabalho e caiu no golpe por ele aplicado, não irá acreditar em mais ninguém a partir dessa ação.

O criador do WOR ainda argumentou que lutou contra golpes desde outubro de 2020, mas que a batalha seria eterna. Assim, quem se sentir prejudicado, disse o novo golpista, deve buscar por uma regulamentação para o mercado de criptomoedas.

Sua conta no Twitter foi desativada após os comentários, mas um usuário capturou as telas antes disso. Seguidores do projeto, que julgavam este como sério, agora lamentam suas perdas.

Fonte: https://livecoins.com.br/grupo-que-denunciava-golpes-com-criptomoedas-da-golpe-e-some/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *