Picapes – TOYOTA HILUX

Hilux 2022: preço, motor, consumo, revisão, manutenção

Atual picape média mais vendida no mercado nacional, a Toyota Hilux 2022 segue em constante evolução para se manter na ponta das vendas do segmento.

O utilitário da fabricante japonesa recebeu mudanças recentemente, sobretudo no visual e em relação aos seus itens de segurança.

A gama da nova Hilux 2022 conta com diversas configurações diferentes, deixando de lado o motor 2.7 litros flex para manter apenas o propulsor 2.8 litros turbodiesel, ofertado com transmissão manual ou automática, sempre com tração 4×4.

Os preços da nova gama da Toyota variam de R$ 215.490 a R$ 306.990

Toyota Hilux 2022 – detalhes

Com inspiração no novo estilo global da Toyota, que foi impresso no Corolla, a Hilux 2022 parece bem maior do que realmente é, pois cresceu pouco e continua sendo menor que a S10 cabine dupla.

Essa impressão vem da nova frente, cuja grade é bem proeminente e devidamente cromada.

O para-choque tem aspecto mais aerodinâmico e proporciona grande ângulo de ataque (33°) por conta de seu desenho. Os faróis são integrados ao estilo da grelha, tendo LEDs diurnos e projetores de LED.

Veja também tudo sobre a SW4 2022.

As rodas de liga leve aro 18 com pneus 265/60 R18 da Hilux 2022 têm desenho esportivo e agradam. Faróis de neblina completam o conjunto e os estribos laterais são muito úteis no dia a dia.

Na traseira, as lanternas horizontais são grandes e bem delineadas. A caçamba de carga agrega câmera de ré e maçaneta no corpo central cromado.

No interior da Toyota Hilux 2022, o habitáculo se destaca pelo cluster com iluminação azul e instrumentação analógica bem resolvida, assim como o útil e completo computador de bordo.

Com oito polegadas, a multimídia Toyota Play reproduz DVD, CD, MP3 e tem câmera de ré, além de navegador. O sistema de som conta com seis alto-falantes, enquanto entrada e partida se fazem sem uso da chave, que tem desenho sofisticado.

Logo abaixo do botão de partida há o comando de tração 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida e, ao lado, o ar condicionado automático. O volante multifuncional é muito prático e tem boa pegada, contando ainda com múltiplas regulagens e a famosa haste do piloto automático, que continua pouco ergonômica.

Mais abaixo, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, controle de descida, entrada USB e auxiliar, além de duas tomadas de 12V.

Ao lado da alavanca de câmbio da Hilux 2022, que tem opção de mudanças manuais, há os comandos dos modos Eco e Power. Há uma tomada de energia para aparelhos de até 100 watts sob o apoio de braço central. O porta-luvas é duplo, sendo o superior refrigerado.

Os bancos em couro são confortáveis, sendo que o do motorista tem ajustes elétricos. O acabamento geral é muito bom e as portas possuem mesclas de couro, plástico e diversas tonalidades, tendo maçanetas cromadas, frisos de cor cinza e base dos comandos dos vidros em preto brilhante.

Atrás, temos na Hilux 2022 mais espaço que a Hilux anterior, tendo também saídas de ar-condicionado e ganchos retráteis para sacolas. O assento leva três passageiros com conforto e conta com conjunto completo de cintos e apoios, bem como Isofix. O encosto não é muito vertical, o que ajuda em viagens longas.

Um apoio de braço central com porta-copos escamoteável dá mais conforto e comodidade para dois ocupantes. A caçamba tem bom tamanho e a tampa é até leve, facilitando as operações de carga e descarga.

Conheça mais de 50 opções de pickups usadas entre 30.000 e 40.000 reais

Toyota Hilux 2022 – novidades

A Hilux 2022 chegou com importantes novidades, sendo que a principal delas foi a saída do motor 2.7 flex de 163 cv. Com isso, apenas a Chevrolet S10 oferece a motorização bicombustível no segmento.

Além disso, quase todas as versões da picape da Toyota ficaram mais equipadas. As versões SR, SRV e SRX agora tem ar-condicionado dual zone automático e digital como item de série, enquanto a opção de entrada SR ainda ganhou sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Passando para a topo de linha SRX, a Hilux 2022 recebeu detecção de pedestres e ciclistas em seu sistema de pré-colisão frontal, parte do Toyota Safety Sense. Além disso, essa configuração ainda passa a dispor do Panoramic View Monitor – PVM.

Esse sistema de visão 360º usa quatro câmeras (frontal, laterais e traseira) para ajudar o motorista a ver o que está acontecendo ao redor de todo o veículo, e suas imagens são exibidas no display para o motorista.

Relembre as mudanças da linha 2021:

Depois de ser apresentada globalmente, a nova Toyota Hilux 2021 finalmente foi lançada no Brasil, em novembro de 2020. Vinda da Argentina, a picape apresentava novidades no visual, na lista de equipamentos e na parte mecânica.

Falando primeiramente sobre o visual, a Hilux 2021 recebeu nova grade, novos faróis com luzes diurnas em LED e novo para-choque. Na traseira, as lanternas de LED receberam um novo desenho.

Já em seu interior, a picape da Toyota passa a contar com nova central multimídia (mantendo o tamanho de 8 polegadas), compatível com Android Auto e Apple Carplay, e um novo grafismo no painel de instrumentos.

Em termos de segurança, ele vem sempre com sete airbags e conta ainda com o pacote Toyota Safety Sense na versão mais cara, o que inclui itens como piloto automático adaptativo, alerta de mudança de faixa, frenagem automática de emergência, entre outros.

Além de tudo isso, a Hilux 2021 também atualizou seu motor 2.8 turbodiesel. O propulsor das versões automáticas ganhou 27 cv e 5 kgfm de torque, totalizando 204 cv e 50,9 kgfm (com câmbio manual, o torque continua em 42,8 kgfm). Já a transmissão automática de seis marchas foi reajustada, entregando trocas mais rápidas. O motor flex continua com a mesma potência.

Com a mudança visual, a Toyota Hilux 2021 também perdeu algumas versões, que saíram do configurador do modelo no site da marca. Essas perdas incluem as configurações esportivadas e a versão com motor V6 a gasolina.

Hilux 2022 interior

Toyota Hilux 2022 – versões

  • Hilux 2022 Cabine Simples 4×4 2.8 Diesel MT
  • Hilux 2022 Chassi Cabine Simples 4×4 2.8 Diesel MT
  • Hilux 2022 STD Power Pack 4×4 2.8 Diesel MT
  • Hilux 2022 SR Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT
  • Hilux 2022 SRV Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT
  • Hilux 2022 SRX Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT

Toyota Hilux 2022 – equipamentos

Toyota Hilux STD Power Pack 2.8 Diesel: equipado de série com sete airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, travas de rodas, freios ABS com EBD, alarme perimétrico, Isofix, retrovisores na cor preta, sistema de som com quatro alto-falantes, acendimento automático dos faróis,

apoio de braço traseiro com porta-copos, compartimento refrigerado no painel, faróis com follow me home, volante e manopla de câmbio em couro, protetor de caçamba, trio elétrico, volante multifuncional, bloqueio do diferencial traseiro e maçanetas externas e internas sem pintura, entre outros.

Toyota Hilux SR 2.8 Diesel: sete airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, travas de rodas, freios ABS com EBD, alarme perimétrico, Isofix, faróis de neblina, maçanetas internas cromadas, maçanetas externas na cor da carroceria, retrovisores na cor preta, sistema de som com quatro alto-falantes, acendimento automático dos faróis, apoio de braço traseiro com porta-copos, ar-condicionado automático e digital, banco do motorista com ajuste de altura,

banco traseiro bipartido e rebatível, volante ajustável em altura e profundidade, computador de bordo, compartimento refrigerado no painel, faróis com follow me home, volante e manopla de câmbio em couro, protetor de caçamba, trio elétrico, sistema multimídia de 8 polegadas com Android Auto e Apple Carplay, volante multifuncional, entre outros

Toyota Hilux SRV 2.8 Diesel: agrega central multimídia com GPS e TV digital, trava de estepe, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, rodas de liga leve de 18 polegadas, assistente de reboque, luz de frenagem de emergência, alarme perimétrico e volumétrico, maçanetas externas cromadas, retrovisores externos cromados e rebatíveis eletricamente,

banco do motorista com ajustes elétricos, computador de bordo com tela TFT de 4,2 polegadas, porta-luvas com amortecedores, retrovisor interno eletrocrômico, bancos em couro e material sintético, destravamento das portas sem chave, partida por botão, entre outros.

Toyota Hilux SRX 2.8 Diesel: se diferencia pelos faróis de neblina em LED, farol baixo em LED, nivelamento automático dos faróis, sistema de som da JBL, pacote Toyota Safety Sense (com assistente pré-colisão com aviso sonoro e frenagem automática, alerta de mudança de faixa, controle de cruzeiro adaptativo), bancos em couro perfurado, rodas de 18 polegadas, luzes diurnas de LED, entre outros.

Toyota Hilux 2022 – preços

Valor da Hilux 2022

Quanto tá custando a Hilux 2022?

  • Hilux Cabine Simples 4×4 2.8 Diesel MT 2022 – R$ 215.490
  • Hilux Chassi Cabine Simples 4×4 2.8 Diesel MT 2022 – R$ 208.090
  • Hilux STD Power Pack 4×4 2.8 Diesel MT 2022 – R$ 230.590
  • Hilux SR Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT 2022 – R$ 257.490
  • Hilux SRV Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT 2022 – R$ 273.990
  • Hilux SRX Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT 2022 – R$ 306.990

Hilux 2022 SRX preço – R$ 306.990

Hilux motor

Toyota Hilux 2022 – motor

A Toyota Hilux 2022 utilizava dois propulsores no Brasil, sendo que o motor de entrada era o mesmo da antiga geração. Trata-se do Dual VVT-i Flex 2.7 com 163 cv de potência a 5.000 rpm, quando abastecidos com etanol, e 159 cv, também a 5.000 rpm, com gasolina.

O torque máximo é de 25 kgfm, tanto com etanol quanto com gasolina, mas sempre a 4.000 rpm. Esse motor saiu de cena com a chegada da linha 2022.

A única motorização disponível é o atualizado motor diesel 2.8 1GD, que foi alterado para entregar 204 cv e 50,9 kgfm e vem com transmissão automática de seis marchas com modos Eco e Power, bem com opção manual de seis marchas (esta tendo torque de 42,8 kgfm).

Toyota Hilux 2022 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×2 – 15,0 segundos e 165 km/h (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×4 – 15,0 segundos e 165 km/h (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.8 Diesel AT 4×4 – 12 segundos e 180 km/h
  • Toyota Hilux CS 2.8 Diesel MT 4×4 – 12 segundos e 180 km/h

A Toyota Hilux 2022 vem com melhorias no chassi (20% mais rígido) e carroceria (44% mais rígida), assim como na geometria da suspensão, especialmente a traseira. O motor 1GD 2.8 diesel entrega 204 cv a 3.400 rpm e 50,9 kgfm a 2.800 rpm.

O propulsor tem funcionamento mais suave que o anterior, além de mais disposição em baixas rotações.

A caixa de transmissão também é nova e tem seis marchas. As relações são bem adequadas à proposta. As respostas ao acelerador são interessantes, mas o modo Power não acrescenta tanto quanto se espera dele.

No uso normal, funciona perfeitamente, sem trancos ou grandes oscilações nas trocas.

Ajudando a economizar combustível, o modo Eco retém um pouco de força, mas pode passar despercebido em um motorista pouco habituado com picapes médias. Rodando a 110 km/h, o propulsor marca 1.600 rpm.

A dirigibilidade, típica de picapes, melhorou bastante em relação ao modelo anterior. A direção elétrica é leve o suficiente e tem boas respostas a mudanças rápidas de direção. Já os freios possuem atuação razoável e dão conta do recado.

A estabilidade é boa e não é mérito dos dispositivos de segurança. O conjunto de suspensão tem um bom ajuste e a traseira agora pula menos quando vazia. Ainda na parte traseira, a geometria do eixo foi alterada, assim como seu curso, prezando mais o conforto e a estabilidade.

No fora de estrada, a Toyota Hilux 2022 se aproveita dos bons ângulos de ataque (29°) e saída (26°), que ajudam muito na transposição de valas e outros obstáculos pelo caminho da Hilux SRX.

O controle de tração ativo A-TRC, que controla as saídas de traseira com acionamento leve dos freios, é outro destaque. A picape da Toyota vem ainda com controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle de descida, frenagem de emergência e controle de reboque.

Na versão Flex, que já saiu de linha, as retomadas eram medianas e em velocidade cruzeiro de 110 km/h o motor marcava 2.000 rpm, o que garante um ruído quase mínimo na cabine e contribui para o consumo, mas não muito, pois é bem elevado.

A transmissão de seis velocidades tinha trocas eficientes, e no ECO Mode as trocas eram lentas, acontecendo a 2.500 rpm até meio pedal. Em esportividade, com o modo Power ativado, o motor 2.7 Flex de até 163 cv e 25,0 kgfm não respondia no exato momento que pedimos a troca de marcha.

Toyota Hilux 2022 – consumo

Cidade

  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×2 – 4,8 km/litro no etanol e 5,6 km/litro na gasolina (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×4 – 4,8 km/litro no etanol e 5,6 km/litro na gasolina (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.8 Diesel AT 4×4 – 9,0 km/litro no diesel
  • Toyota Hilux CS 2.8 Diesel MT 4×4 – 9,3 km/litro no diesel

Estrada 

  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×2 – 6,9 km/litro no etanol e 8,1 km/litro na gasolina (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex AT 4×4 – 6,9 km/litro no etanol e 8,1 km/litro na gasolina (fora de linha)
  • Toyota Hilux CD 2.8 Diesel AT 4×4 – 10,5 km/litro no diesel
  • Toyota Hilux CS 2.8 Diesel MT 4×4 – 11,2 km/litro no diesel

Toyota Hilux 2022 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Custo

Quilometragem

Preços 2.7 Flex 4×2 (4×4) – FORA DE LINHA

Preços 2.8 Diesel

10.000 km

R$ 526,14 (R$ 532,64)

R$ 903,71

20.000 km

R$ 1.011 (R$ 1.113)

R$ 1.485

30.000 km

R$ 849 (R$ 855)

R$ 1.539

40.000 km

R$ 2.121 (R$ 2.337)

R$ 2.487

50.000 km

R$ 840 (R$ 849)

R$ 1.251

60.000 km

não informada

não informada

Toyota Hilux 2022 – ficha técnica

Motor

2.7 Flex (fora de linha)

2.8 Diesel

Tipo

Dianteiro longitudinal, Etanol e Gasolina

Dianteiro longitudinal, Turbo e Diesel

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

2694

2755

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

12:1

15,6:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 159 cv @ 5000 rpm / Etanol: 163 cv @ 5000 rpm

Diesel: 204 cv @ 3400 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 25,0 kgfm @ 4000 rpm /Etanol: 25,0 kgfm @ 4000 rpm

Diesel: 50,9 kgfm @ 2800 rpm (42,8 kgfm versão MT)

Transmissão

Tipo

Manual 6 marchas / Automática 6 marchas

Manual 6 marchas / Automática 6 marchas

Tração

Tipo

4×2 / 4×4 com reduzida

4×4 com reduzida

Freios

Tipo

Disco ventilado / Tambor

Disco ventilado / Tambor

Direção

Tipo

Hidráulica

Hidráulica

Suspensão

Dianteira

Braços sobrepostos, barra estabilizadora

Braços sobrepostos, barra estabilizadora

Traseira

Eixo rígido

Eixo rígido

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 17 polegadas

Aço / Liga Leve aro 17 / 18 polegadas

Pneus

265/65 R17

225/70 R17 / 265/65 R17 / 265/60 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

5325

5325

Largura sem retrovisores (mm)

1855

1855 / 1800 (cabine simples)

Altura (mm)

1815

1815 / 1795 (cabine simples)

Distância entre os eixos (mm)

3085

3085

Capacidades

Porta-malas (litros)

1036

1000 / 1580 (cabine simples)

Tanque (litros)

80

80

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

980

1000 / 1005 (cabine simples)

Peso em ordem de marcha (kg)

1880 (4×2) / 1990 (4×4)

2090 / 1995 (cabine simples)

Ângulo de entrada/saída

29/26 graus

29/26 graus

Toyota Hilux 2022 – fotos

FONTE: https://www.noticiasautomotivas.com.br/hilux/

Principais problemas com a Nova Fiat Strada; conforme proprietários

Nova Fiat Strada
Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

Nos últimos anos, a Fiat realizou diversos lançamentos importantes no mercado brasileiro. Um bom exemplo é o lançamento da nova Fiat Strada. Este modelo ficou com um porte maior e um novo visual. Sem falar que ganhou novos equipamentos. Hoje, o veículo é uma das principais referências do mercado de comerciais leves. Mas a possui alguns pontos negativos. Veja aqui alguns deles, segundos os próprios donos e relatos para a plataforma Mobi auto.

Nova Fiat Strada
A Fiat Strada foi o carro mais vendido de 2021 do Brasil. Mas quais são os problemas mais citados pelos donos da picape? Veja aqui! (Foto: Divulgação/Fiat)

Veja alguns pontos negativos da nova Fiat Strada, segundo os donos

Já faz um tempo que carro está presente no mercado brasileiro. A Strada foi lançada originalmente em 1998. No caso, ela era a versão picape do Palio. Depois disso, o modelo passou por quatro reestilizações diferentes antes de ganhar uma nova geração. E estamos falando do carro mais vendido em 2021. De acordo com dados da Fenabrave, ele teve 109.107 unidades vendidas.

Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

Os interessados em comprar o veículo podem escolher dentre as mais diversas opções de carroceria, versões e câmbio. O motor também muda. A versão Endurance (cabine simples) está equipado com um motor 1.4 8V Flex. As outras versões utilizam um motor 1.3 Firefly.

Atualmente, o modelo custa entre R$ 90.990 (Endurance Cabine Plus) e R$ 116.990 (Ranch Cabine Dupla). Este carro possui diversos atributos. Mas também possui alguns pontos negativos. E os donos usaram algumas páginas da internet para falarem sobre eles. Veja aqui os principais pontos citados por eles.

Nova Fiat Strada – Câmbio

Nova Fiat Strada
Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

Começamos falando sobre a caixa de transmissão do modelo. A nova Fiat Strada vem acompanhada de um câmbio manual de cinco velocidades desde o lançamento. E parece que ela não vem agradando muitos os proprietários do veículo. Alguns problemas neste componente foram relatados. De acordo com um cliente, o câmbio não conseguia engrenar a segunda marcha.

Um outro dono reclamou de ruídos. Ele diz que isso acontece quando o carro dá a partida e quando ele está andando em baixa rotação. Uma outra pessoa define os engates como difíceis e fala que a primeira marcha é reduzida. Ainda não há relatos de problemas na transmissão automática do tipo CVT. Esta está disponíveis nas versões mais caras.

infiltração

Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

Os donos da picape da montadora italiana também estão sofrendo ao rodar com o carro em dias de chuva. Isso porque a água acaba entrando na cabine. Em um caso, a água estava entrando no lado do carona. Mesmo após algumas visitas a concessionária, as infiltrações persistiram. Em outro relato, a pessoa disse que a chuva faz com que o carro fique com um cheiro desagradável.

Problemas com os vidros elétricos e ruídos

Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

nova Fiat Strada vem equipada com vidros elétricos. E este é outro componente que apresentou falhas, segundo proprietários. Em um caso, a pessoa disse que o vidro não fecha. Outro cliente diz que teve problemas com os vidros na hora de fechar o carro com alarme. Um terceiro cliente também reclamou do mesmo problema.

Nos mesmos relatos podemos ver que certos barulhos no carro estão incomodando. No caso, foram citados ruídos no motor, nos freios e na bateria.

Suspensão

Fiat Strada (Foto: Divulgação/Fiat)

Por fim, falaremos de problemas relacionados a suspensão do veículo. Algumas pessoas falaram, por exemplo, que tanto a suspensão dianteira quanto a traseira são duras. Outras reclamaram do item por causa dos ruídos. Um proprietário de uma Strada Freedom disse que os barulhos em seu veículo, que está próximo dos 9.000 km, apresentou barulhos na suspensão dianteira.

Ele explica que estes barulhos pareciam com peças soltas. Ou até mesmo como se peças de metal estivessem batendo uma nas outras. A suspensão traseira também começou a apresentar problemas. Alias, esta pessoa não foi o único a ouvir barulhos na suspensão dianteira. Neste caso específico, algumas pessoas conseguiram resolver o problemas.

Fonte: https://garagem360.com.br/principais-problemas-com-a-nova-fiat-strada-conforme-proprietarios/

Suzuki Haojue é opção on e off-road abaixo de R$ 18.000

Suzuki Haojue NK 150
Nova Suzuki Haojue NK 150

NK 150 é o primeiro lançamento de 2022 da Suzuki Haojue – uma joint venture entre a tradicional marca japonesa de motocicletas com a marca que é a maior fabricante de motos da China. Trata-se de uma moto dual purpose de baixa cilindrada e razoável tecnologia embarcada (porém atrativa) à venda por R$ 17.597. Veja todos os detalhes da Suzuki Haojue NK 150.

NK 150

Suzuki Haojue NK 150 tem preço atrativo com tecnologia embarcada atrativa

As dual purpose são motos de uso misto, que servem tanto para o uso no asfalto quanto para o fora-de-estrada. A NK150 foi desenvolvida para ter uma ergonomia ideal para as duas situações.

Suzuki Haojue NK 150

O motor de 149 m3 com injeção eletrônica conta com uma tecnologia de ressonância que permite alto desempenho em baixas e médias velocidades, ideal para arrancadas, subidas e ultrapassagens tanto na cidade, como fora da estrada

Segundo informações do fabricante, o propulsor gera potência máxima de 12 cv a 8.000 rpm e torque máximo de 1,24 kgf.m a 6.000 rpm. O tanque de combustível armazena 12,2 litros de gasolina, o que lhe garante razoável autonomia.

A lista de equipamento é bastante interessante para uma moto de seu porte e preço, incluindo, de série, itens como freios a disco com ABS, painel de LCD totalmente digital com múltiplas funções – inclusive alerta de voltagem de bateria – e entrada USB para manter o celular sempre carregado. 

Painel LCD totalmente digital

O paralama dianteiro da NK 150, com o bico mais elevado, além de incorporar um visual mais agressivo, oferece uma melhor aerodinâmica e evita que o farol seja atingido por areia e lama. 

O escapamento tem um posicionamento mais elevado, a fim de melhorar a pilotagem em terrenos alagados. O tanque de combustível possui uma carenagem acoplada que, além de oferecer maior proteção contra eventuais impactos, ajuda a dar um visual robusto e compor um estilo mais agressivo para a moto. A NK 150 estreou nas concessionárias autorizadas da Suzuki Haojue de todo o Brasil neste mês de março. 

"<yoastmark
NK 150
Suzuki Haojue NK 150

Vendas de motos em baixa

 As vendas de motos 0 km registraram queda de 17,4% em fevereiro de 2022, na comparação com o mês anterior. As concessionárias emplacaram 74.065 unidades no período, ficando abaixo das 89.682 unidades de janeiro. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

NK 150 chega para ajudar no desempenho das montadoras japonesa e chinesa. A Haojue figura apenas no nono lugar entre as marcas mais vendidas do País em fevereiro, com 345 unidades comercializadas. No mês, a Suzuki nem chega a aparecer no top 10. 

Fonte:

Toyota Yaris 2023 chega com versões mais enxutas e preços a partir de R$ 92.190

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes (Foto: Divulgação)

O Toyota Yaris 2023 chega com novo design e mais seguro, com sete airbags em todas as versões e itens de segurança ativa da Toyota. A partir de agora, toda a linha estará equipada somente com o sofisticado e econômico motor 1.5L flex e novos modos de condução. Os preços partem de R$ 92.190, veja os detalhes.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Toyota Yaris 2023 (Foto: Divulgação)

Toyota 2023 chega em apenas três versões e motorização única

O Novo Yaris 2023, fabricado na planta de Sorocaba, SP, chega nas configurações hatch e sedã, mais equipadas, com novo design frontal e traços mais elegantes, além de melhorias importantes em segurança.

Um dos produtos mais importantes para a Toyota do Brasil, o Novo Yaris 2023 chega renovado em um dos segmentos mais exigentes do mercado, em que os consumidores buscam cada vez mais analisar diferentes fatores na hora da escolha, como custo-benefício, baixo custo de manutenção e um excepcional serviço de pós-venda.

A linha Yaris 2023 estará disponível nas versões XL, XS e XLS, todas equipadas com a transmissão automática CVT de sete velocidades e o motor 1.5L flex Dual VVT-i, além de novos modos de direção Eco e Sport.

Versões e preços do Toyota Yaris 2023

Toyota Yaris XL hatch – R$ 92.190,00

Toyota Yaris XS hatch – R$ 101.490,00

Toyota Yaris XLS hatch – R$ 112.690,00

Toyota Yaris XL sedã – R$ 96.390,00

Toyota Yaris XS sedã – R$ 104.990,00

Toyota Yaris XLS sedã – R$ 116.990,00

A gama de cores do novo Yaris 2023 são: Vermelho (para hatchback), Polar, Cinza Granito, Prata Lua Nova, Preto infinito, Azul Titã e Branco Lunar para todas as versões

Na linha 2023, os valores de revisão continuam entre os mais competitivos do segmento. Até os 60 mil KM, o valor total é de R$ 4.309,77.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Toyota Yaris hatch 2023 (Foto: Divulgação)

Design externo mais moderno e atualizado

O design externo recebeu atualizações para dar mais modernidade ao modelo, com um toque esportivo. As linhas são mais fluidas e seguem com para-choques dianteiros redesenhados.

Já as rodas receberam o novo desenho dual tone nas versões de topo de linha hatch e sedã.

Todas as versões do Yaris 2023 contam agora com DRL em LED. Os faróis de neblina passam a ser em LED nas configurações XLS, outra novidade da linha Yaris 2023.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Toyota Yaris sedã (Foto: Divulgação)

Design interno mais sofisticado

No interior, o compacto tem um novo estilo no revestimento dos bancos das versões XL e XS e a cor dark silver nos acabamentos, o que garante uma sensação de sofisticação aos ocupantes.

Já na central multimídia, todas as versões do Yaris, contam com tela de 7” sensível ao toque, compatível com Android Auto e Apple Carplay. Para os passageiros do banco traseiro, a comodidade tem destaque em duas novas entradas USB, para carregamento de celulares e demais equipamentos eletrônicos. Nas versões XS e XLS, o computador de bordo tem visor multifunção em tela de 4,2′′ em TFT de alta resolução com 16 funções.

Para as versões XS e XLS, o novo Yaris 2023 conta com ar-condicionado automático e digital, com filtro antipólen. E, nas versões topo de linha, os consumidores têm uma visão privilegiada, graças ao teto solar elétrico.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Interior do Yaris 2023 (Foto: Divulgação)

Yaris 2023 prioriza a performance e o consumo de combustível

O novo Yaris 2023 passa a contar com novos modos de condução para todas as versões: Sport e Eco. Segundo o Inmetro, com etanol, a configuração hatch do Yaris faz 8,8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, enquanto o sedã, também com etanol, faz 9,0 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada.

Com relação à motorização, o novo Yaris 2023 passa a contar somente com o motor 1.5L flex Dual VVT-i com câmbio CVT de sete velocidades, e as versões XS e XLS ainda possuem troca de marchas no volante.

Algumas alterações foram feitas na calibração do motor e o sistema de armazenagem de combustível recebeu melhorias para reduzir a emissão de poluentes evaporativos sem perder potência, que segue com 110 cv a 5.600 rpm e 14,9 kgfm de torque, quando abastecido com etanol, e 105 cv a 5.600 rpm e 14,3 kgfm de torque, quando abastecido com gasolina, sem alterações no consumo.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Modelo está disponível apenas com motor 1.5 flex (Foto: Divulgação)

Modelo ficou mais seguro

Em termos de segurança, o Yaris possui, desde seu lançamento no mercado nacional, um elevado nível de equipamentos de série em todas as versões, como controle de tração (TRC), estabilidade (VSC) e assistente de subida em rampa (HAC), freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistente de frenagem (BAS), cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes e ISOFIX com ancoragem Top Tether de cadeiras infantis.

Agora, reforçando o pilar de segurança, tão fundamental para a Toyota no desenvolvimento de seus produtos, toda a linha Yaris sai de fábrica com sete airbags (um de joelho, dois frontais, dois laterais e dois de cortina) e avisos sonoros de cinto de segurança para passageiros traseiros. Para as versões XS e XLS, foram incorporados Sistema de Pré-Colisão e Alerta de Evasão de Faixa.

Toyota Yaris 2023 acaba de ser lançado, veja os detalhes
Carro ficou mais seguro (Foto: Divulgação)

Fonte : https://garagem360.com.br/toyota-yaris-2023-chega-com-versoes-mais-enxutas-e-precos-a-partir-de-r-92-190/

Lançamentos de carros elétricos 2022: 4 modelos esperados por aqui

Lançamentos de carros elétricos 2022 / 1 – BMW i4

BMW i4 (Foto: Divulgação/BMW)

E começamos a nossa lista com 4 lançamentos de carros elétricos 2022um veículo de alto desempenho. O BMW i4 foi apresentado ao mundo durante o ano de 2021 e deve chegar este ano ao Brasil. Alías, ele já está sendo produzido na cidade de Munique. Este sedã mede 4.783 mm de comprimento, 1.852 mm de largura e 1.448 mm de altura. Ele possui várias inovações, como o iDrive 8. O design também é bastante interessante. Claro, sem perder o seu lado esportivo e sofisticado.

Duas versões serão oferecidas. O i4 eDrive40 traz um motor elétrico que pode gerar uma potência máxima de 340 cv e um torque máximo de 430 Nm. Enquanto isso, o modelo i4 M50 traz um conjunto que gera 544 cv de potência e 795 Nm (com função Sport Boost ativado). De acordo com a montadora, ele pode atingir os 100 km/h em 3.9 segundos.

Enquanto isso, as baterias de alta vantagem de quatro módulos com 72 células cada. Além de três modulos de 12 células. No caso, o modelo eDrive40 tem autonomia de 590 km e 510 km no M50.

2 – Novo Chevrolet Bolt EV

Lançamentos de carros elétricos 2022
Chevrolet Bolt EV (Foto: Divulgação/Chevrolet)

Outro modelo que virá ao Brasil é o novo Chevrolet Bolt EV. Aliás, ele já passou pelo período de pré-venda por aqui. Na época, a montadora norte-americana estava cobrando R$ 317 mil pelo carro. Todas as unidades colocadas à disposição foram vendidas. O novo Bolt EV foi apresentado no ano passado e traz mudanças importantes com relação ao modelo anterior. Principalmente no visual. 

O novo para-choque e os novos faróis deixaram o carro mais moderno ainda. Por dentro, o carro traz um painel de instrumentos e central multimídia de 10,2 polegadas (com Android Auto e Apple CarPlay). Já seu motor elétrico pode produzir uma potência máxima de 200 cv e um torque máximo de 36,7 kgfm. Este propulsor é alimentador por uma bateria de 65 kW/h, que faz o Chevrolet Bolt EV rodar por 416 quilômetros

3 – Renault Kwid Elétrico

Lançamentos de carros elétricos 2022
Dacia Spring (Foto: Divulgação/Dacia)

Chegou a hora de falar da versão elétrica de um carro bastante conhecido. O Renault Kwid 100% elétrico (Renault Kwid E-TECH) chegar ainda neste ano. Esta informação foi confirmada pela própria montadora francesa. Mas agora resta saber como ele será. A grande expectativa é que ele fique bastante próximo do Dacia Spring e do Renault City K-ZE. Ambos estão sendo fabricados na China. Mas o primeiro é feito para o mercado europeu.

Visualmente, ele dever ficar próximo ao novo Kwid. Este deve surgir em breve também. Já a motorização deve ser algo próximo a de seus primos. No caso, estamos falando de um motor elétrico que gerar 45 cv de potência e 12,6 kgfm de torque. Ele é alimentado por uma bateria de 27,4 kWh. Já sua autonomia é de 230 km.

4 – Volvo C40

Lançamentos de carros elétricos 2022
Volvo C40 (Foto: Divulgação/Volvo)

Por fim, mais um lançamento já confirmado. A Volvo irá lançar entre março e abril o novo C40. Este carro usa a mesma base do XC40, que passou a ser vendido apenas em sua versão elétrica. O design do novo membro da linha C40 é bastante interessante. A dianteira é a mesma do XC40 Pure Electric. No entanto, o grande destaque está na traseira.

As lanternas começam na tampa do porta-malas e seguem até a ponta superior do vidro trasiero. Sem falar que a queda do teto também é bastante charmosa. Por dentro, o carro traz uma central multimídia de nove polegadas. Ainda não há maiores informações. quais versões estarão a venda por aqui. Este carro está equipado com dois motores P8. Eles podem gerar 408 cv de potência. Além de 660 Nm de torque. Sua bateria tem capaicdade para 75 kWh. Ela pode fazer com que o carro rode por até 438 km.

Fonte: https://garagem360.com.br/lancamentos-de-carros-eletricos-2022-4-modelos-esperados-por-aqui/