Bibliotecas públicas de SP oferecem aulas sobre os livros obrigatórios da Fuvest

Os eventos são gratuitos e acontecem na Biblioteca de São Paulo, na Zona Norte, até final de outubro, e a Biblioteca Brasiliana, na Zona Sul, até o final de novembro.


Bibliotecas oferecem aulas sobre os livros da Fuvest

Bibliotecas oferecem aulas sobre os livros da Fuvest

Duas bibliotecas públicas da capital paulista, a Biblioteca de São Paulo, na Zona Norte, e a Biblioteca Brasiliana, na Zona Sul, oferecem aulas públicas sobre as leituras dos livros obrigatórios do vestibular da Fuvest, que ocorre em 24 de novembro. Na duas, a programação é gratuita.

Na Biblioteca de São Paulo, localizada dentro do Parque da Juventude, em Santana, as aulas acontecem todas as terças e quintas, das 14h30 às 17h. Os encontros vão até o final de outubro.

Moradora da Zona Leste, Karen Camargo, 21 anos, presta o vestibular para o curso de Medicina há três anos. Diferente da maioria dos vestibulandos, a estudante não está matriculada em cursos pré-vestibulares, mas faz questão de participar dos encontros semanais da Biblioteca de São Paulo.

“Como eu estou sozinha nessa jornada, um curso como esse me coloca na mesma frente que as pessoas que fazem o cursinho, que estão pagando”, afirma Karen.

Para Antoniel dos Santos, vestibulando de medicina que veio do interior da Bahia para São Paulo para estudar, os encontros também são uma oportunidade para aprimorar os estudos.

“Eu achei uma oportunidade viável, tendo em vista que eu não tenho condições, e é ótimo essa oportunidade de diversificar os estudos e ampliar pras pessoas que não têm acesso”, afirma Antoniel

Outra opção para os estudantes na capital é a Biblioteca Brasiliana, localizada no campus da Universidade de São Paulo, USP. Com encontros mensais, as aulas na Brasiliana são ministradas por professoras da USP e professores dos cursinhos populares da universidade.

“Na aula normal, eles [professores] estão dando um geralzão do que pode cair na Unesp, na Unicamp, falando num geralzão. Aqui, estão falando bem sobre esse vestibular específico [FUVEST]”, explica a vestibulanda Paloma Bueno.

Para o vice-diretor da Biblioteca Brasiliana, Alexandre Saes, os encontros no local têm um atrativo a mais por estar localizado dentro da universidade.

“A universidade produz muito conteúdo, muita pesquisa e a gente viabilizar esse contato com a comunidade é importantíssimo pra que as pessoas conheçam o que está sendo feito aqui e tenham materiais com conteúdos de qualidade e que possam desfrutar desses conteúdos lá fora”, afirma Saes.

A aula mensal da Brasiliana acontece nesta quinta-feira (24), a partir das 17h. O livro analisado será Sagarana, de Guimarães Rosa. Já a aula dessa semana da Biblioteca de São Paulo será sobre a obra Angústia, de Graciliano Ramos.

Veja a lista dos livros da Fuvest:

Poemas escolhidos, de Gregório de Matos.

A relíquia, de Eça de Queirós.

O cortiço, de Aluísio Azevedo.

Quincas Borba, de Machado de Assis.

Minha vida de menina, de Helena Morley.

Mayombe, de Pepetela.

Claro enigma, de Carlos Drummond de Andrade.

Angústia, de Graciliano Ramos.

Sagarana, de Guimarães Rosa.

FONTE:
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/10/24/bibliotecas-publicas-de-sp-oferecem-aulas-sobre-os-livros-obrigatorios-da-fuvest.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *